Dicas/Poesia da semana

Em 18 de julho às 16 horas, comemoramos o DIA DO TROVADOR, onde será realizado um grande Sarau Virtual. Durante o mesmo divulgaremos o resultado do II Concurso de Trovas Cidade de Curitiba, faremos o lançamento virtual do livreto do Concurso e muitas revoadas de trovas e de poemas de outros gêneros.
Para participar acesse o link: https://bityli.com/jrZC2 – ID: 996 188 6580/ Senha: 5phXuY.
Fonte: UBT-Curitiba. Os Trovadores. n. 103. julho de 2020.
—————————————————————
O Clube Digital de Leitura tem como propósito incentivar o hábito da leitura, democratizar o acesso de conteúdo de qualidade e gerar impacto positivo na sociedade. Distribui audiolivros gratuitamente e realiza encontros de leituras em hospitais, casas de repouso e escolas públicas.
—————————————————————
MEU CONTÍNUO ATO
.

  Fico eu a pensar…
Nas minhas utopias.
E na nova geração que já não sonha mais!
E pensar nas múlti-plas razões…
Do meu contínuo ato de escrever!
Textos que ninguém vai compreender.
Aí vem o desejo…
De revisar os meus velhos textos!
E lembro-me também de re-visitar.
Meus antigos mestres já mortos!
Então eu ensaio o meu Adeus às Armas!
Eu não consigo!
Ensaio o meu Motim!
Eu não consigo!
Ensaio o meu Boy-cote!
Eu não consigo!
Ensaio a minha Greve de fome!
Eu não consigo!
Ensaio o meu Retorno à vida.
Eu não consigo!
Aí tento escrever algo novo…
Eu não consigo!
Tento viver outra vida!
Eu não consigo!
Tento novos hábitos!
Eu não consigo!
Tento novos padrões de consumo!
Eu não consigo!
Tento ficar sozinho…
Eu não consigo!
Tento quebrar o silêncio sepulcral!
Em mim…
E não consigo!
Tento entender as pessoas!
Eu não consigo!
Tento compreender-te…
Eu não consigo!
Tento me esconder de ti…
Eu não consigo!
Tento te esquecer por completo…
Eu não consigo!
Ensaio me entender…
Eu não consigo!

SAMUEL DA COSTA

————————–————————————-
Duas vidas por [Luciano Victor]
A vida de Júlio está prestes a mudar…
—————————————————————
Leia a antologia 
—————————————————————
Outra coletânea em que temos um texto nosso.
—————————————————————
Livro, um amigo que não fala. Mas diz tanta coisa…
—————————————————————

Ler é viajar no tempo
É aprender aos poucos
Redescobrir a todo momento
Sentir-se livre para sonhar
Entre uma linha e outra, que
Mundos existem para conquistar
Perder-se na páginas da história
Rir, chorar, amar, odiar
E no final, ler é sempre uma vitória