Dicas/Poesia da semana

——————————————————

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar.

      Nelson Mandela

——————————————————–

A Sociedade Brasileira dos Poetas Aldravianistas e a Editora Aldrava Letras e Artes, realizam de 16/11 a 01/12, a primeira Feira de Livros de Mariana (Flimari) e a 17ª Semana de Arte Aldravista e Feira de Livros – Estações de Mariana a ser realizado na sede da Casa de Cultura de Mariana. Além disso, o evento terá atividades que promovam a circulação e a comercialização de livros, por meio de expositores, e artesanato literário. A programação inicia no dia 16, às 9h com apresentação de alunos de uma escola local. Logo depois, acontece o primeiro lançamento da feira, o livro O abraço (Aletria), de Marcelino Ramos Xibil.

——————————————————–
O SESC disponibiliza gratuitamente obras da literatura africana, árabe, asiática, europeia e judaica, traduzidas para o português. Tendo como pauta os movimentos migratórios para o Brasil, Literatura Livre colabora para difundir o acesso à cultura de diferentes países e estimular a leitura. Aproveite.
——————————————————–
.

O RACISMO

O racismo é errado.
Quem o faz devia ser castigado.
Não importa a cor da pele,
O sítio de onde vens ou até aquilo que tens.

Não importa a cor da pele,
Porque o valor da amizade
É a razão maior
Para a nossa identidade.
Seja qual for a cor,
Todos temos a faculdade,
De pensar e ser diferentes
Com respeito pela igualdade

João Afonso Batalha – 11 anos

(fonte 39 Poemas & Contos Sobre Racismo)

——————————-——————————–

Um parceiro. Uma bela leitura. Aproveite
—————————————————————
—————————————————————
Selecionados do Concurso Nacional de Poesia/Conta Contra o Racismo. Clique na imagem
—————————————————————
Livro, um amigo que não fala. Mas diz tanta coisa…
—————————————————————

Ler é viajar no tempo
É aprender aos poucos
Redescobrir a todo momento
Sentir-se livre para sonhar
Entre uma linha e outra, que
Mundos existem para conquistar
Perder-se na páginas da história
Rir, chorar, amar, odiar
E no final, ler é sempre uma vitória