Dicas/Poesia da semana

——————————————————–
“A educação não tem preço. Sua falta tem custo.” 
.

      Antonio Gomes Lacerda

——————————————————–
Em 2 de agosto é comemorado o Dia da Cultura Nordestina, uma homenagem a Luiz Gonzaga falecido em 1989. O Rei do Baião marcou história na cultura brasileira ao levar as raízes pernambucanas e do Sertão para todo o País, sendo grande responsável por popularizar a nível nacional o forró, o baião, o xaxado, entre outros derivados da sonoridade nordestina.
——————————————————-
A 2ª Bienal do Livro de Guarulhos terá como tema Páginas que Conectam com proposta para ampliar o debate sobre o papel da tecnologia e desenvolvimento educacional na formação de novos leitores. Será homenageada a Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, primeira biblioteca pública da cidade. O evento ocorrerá entre 5 e 14/08 na na Av. João Cavalari, 133 – Vila Herminia, Guarulhos.
——————————————————-
.

HOJE

Hoje
Trago em meu corpo as marcas do meu tempo
Meu desespero, a vida num momento
A fossa, a fome, a flor, o fim do mundo
Hoje
Trago no olhar imagens distorcidas
Cores, viagens, mãos desconhecidas
Trazem a lua, a rua às minhas mãos
Mas hoje
As minhas mãos enfraquecidas e vazias
Procuram nuas pelas luas, pelas ruas
Na solidão das noites frias por você
Hoje
Homens sem medo aportam no futuro
Eu tenho medo acordo e te procuro
Meu quarto escuro é inerte como a morte
Hoje
Homens de aço esperam da ciência
Eu desespero e abraço a tua ausência
Que é o que me resta, vivo em minha sorte
Ah, sorte
Eu não queria a juventude assim perdida
Eu não queria andar morrendo pela vida
Eu não queria amar assim
Como eu te amei
Ah, sorte
Eu não queria a juventude assim perdida
Eu não queria andar morrendo pela vida
Eu não queria amar assim
Como eu te amei
.

Taiguara

——————————-——————————–

Um parceiro. Uma bela leitura. Aproveite
—————————————————————
—————————————————————
Selecionados do Concurso Nacional de Poesia/Conta Contra o Racismo. Clique na imagem
—————————————————————
Livro, um amigo que não fala. Mas diz tanta coisa…
—————————————————————

Ler é viajar no tempo
É aprender aos poucos
Redescobrir a todo momento
Sentir-se livre para sonhar
Entre uma linha e outra, que
Mundos existem para conquistar
Perder-se na páginas da história
Rir, chorar, amar, odiar
E no final, ler é sempre uma vitória